Arquivo de marketing - Paulo de Vilhena
EVENTO GRATUITO - DESAFIO 20/30
EVENTO GRATUITO - DESAFIO 20/30
Inscrição Aqui Inscrição Aqui
Tag

marketing

Browsing

O marketing mudou, e muito rapidamente, nos últimos anos. Com a mudança da atenção das pessoas dos meios de comunicação tradicionais para a Web, alterou-se também o modo como o consumidor procura e se deixa influenciar pela informação. Como consequência, a estratégia de marketing das empresas teve de se adaptar, apesar de algumas ainda não terem percebido isso! Quando acompanho os empresários no crescimento das suas empresas, deparo-me frequentemente com políticas e estratégias de comunicação muito ineficientes. Eu acredito que, principalmente, o marketing das PME não deve obedecer às mesmas regras do marketing tradicional. Nos últimos anos, e num período muito curto, a forma de as empresas comunicarem mudou radicalmente. Podemos dizer que na comunicação empresarial passámos por três fases essenciais: 1) O passa-palavra As pessoas experimentavam uma solução e falavam dela aos seus conhecidos que eventualmente a experienciavam também. 2) Publicidade Com a invenção da imprensa e mais tarde…

Como explico no meu livro “Os 12 Desafios do Empreendedor”, o marketing digital é cada vez menos sobre as nossas empresas e cada vez mais sobre os nossos potenciais clientes! Devemos por isso tratar os nossos consumidores de uma forma cada vez mais individualizada. O cliente é cada vez mais exigente e quer saber acima de tudo quais são os seus benefícios. Para além disso, o marketing feito nos meios digitais passa por dar valor gratuito e construir bases de dados. Temos de identificar claramente o nosso público-alvo, construir reputação e posicionarmo-nos como formadores para que, quando esse público estiver pronto para comprar, seja de nós que se lembre. Há quatro ferramentas que eu considero críticas no respeita ao marketing digital: 1 – Site Tem baixos custos, pode e deve ter sempre informação fresca, atualizada, valiosa e relevante para o nosso prospeto ou cliente. Está sempre disponível e pode estar…

Já se imaginou a escavar para encontrar ouro sem um detetor de metais, ou sem qualquer conhecimento das zonas mineiras onde deve procurar? Até poderia encontrar, mas nunca seria tão rápido como a sua concorrência. Estaria sempre um passo atrás do seu verdadeiro potencial, correto? Ora, os seus clientes são a sua mina de ouro. Então é muito importante que os conheça e que invista nas suas ferramentas para identificá-los. Ir cada vez mais ao encontro dos interesses, necessidades e desejos dos seus clientes é o ponto fundamental para que eles o escolham. Para tal, tem de saber quem eles são. Por isso pergunto-lhe, conhece mesmo os seus clientes? Faça o teste! Responda a estas 6 perguntas: 1. Sabe quem lhe compra? A nível quantitativo e qualitativo, é importante perceber com quem estabelece relações comerciais. Se é alguém que escolhe o seu produto, seja qual for o nível de fidelidade; alguém que…

Uma preocupação constante da maioria dos empreendedores é gerar mais contactos para as suas empresas. Atualmente, não é possível aumentar saudável e significativamente o número de contactos sem conhecer as regras do marketing de guerrilha. Mas primeiro importa saber por que é tão importante este tipo de ação. Nos dias que correm, somos bombardeados diariamente com um volume gigantesco de informação. Consequentemente, todos nós, enquanto clientes, somos cada vez mais seletivos quanto ao que merece o nosso tempo e atenção. Consequentemente, os anúncios convencionais tornaram-se uma distração facilmente descartável. Ora, o marketing de guerrilha quer-se tão chamativo que se torne impossível de ignorar. O objetivo final é desencadear uma determinada reação por parte dos prospetos. Para que possamos tirar o máximo partido deste tipo de ação, existem três regras que deve seguir. 1.º – Use no mínimo 10 táticas de atração de clientes em cada momento do tempo Com a…

Grande parte dos vendedores com quem tenho trabalhado, marketeers e empresários, pergunta-me sobre o tipo de ferramentas que deve usar para atrair mais clientes através do seu marketing. Às vezes, perguntam-me especificamente: o email marketing, o Facebook, o LinkedIn que impacto têm? E as estratégias mais tradicionais, como os anúncios ou outdoors… ainda funcionam? E vão mais longe, questionando-me sobre a produtividade e o retorno de qualquer uma destas ferramentas. Ao colocarem estas questões, vejo-me obrigado a mudar o foco da atenção destas pessoas. Sabe qual é a regra que pode melhorar os seus resultados de marketing? A decisão sobre a tática, a ferramenta a usar para veicular uma mensagem, deve ser uma decisão posterior à estratégia. Então a regra é simples: a estratégia vem sempre antes da tática. E o que é a estratégia? É a perceção do meu nicho de mercado, de quem é o meu cliente-tipo,…