Tag

desenvolvimento pessoal

Browsing

Nós crescemos como indivíduos e como profissionais em linha com os objetivos que definimos para a nossa carreira e para a nossa vida. Quer crescer como indivíduo e como profissional? Então já sabe o que fazer: antes de mais, defina os seus objetivos. Ao fazê-lo definirá em rigor a pessoa em quem se vai tornar. Isto porque, ao saber o que quer e ao empenhar-se em consegui-lo, vai consequentemente desenvolver hábitos que suportam esses mesmos objetivos. Por outras palavras, vai fazer o que tem de ser feito para atingir os resultados que procura. Definir objetivos é sem dúvida a principal competência para que se torne bem-sucedido. Mas desengane-se quem pense que a sua felicidade está intimamente ligada à realização de determinados objetivos. Nada há de mais errado. Onde chegamos não é importante se continuamos a ser a mesma pessoa ao chegar lá. Além disso, há sempre mais coisas a desejar. O…

Todos nós somos procrastinadores profissionais. Ou seja… Não fazemos aquilo que já sabemos que temos de fazer. E porque o fazemos (ou melhor, não fazemos)? Nós procrastinamos quando associamos mais dor do que prazer à ação que sabemos que devemos tomar. Há apenas dois motivadores para a ação humana: a dor e o prazer. Podemos não ter noção da razão que nos move, de uma forma consciente, mas tudo o que fazemos está relacionado com a nossa necessidade de evitar a dor e a nossa vontade de nos aproximarmos do que nos dá prazer. E isto é verdade para todos nós. Certamente todos nós conseguiríamos enumerar uma série de aspetos na nossa vida profissional e financeira em que sabemos que poderíamos ter determinados hábitos que nos tornariam mais bem-sucedidos nessas áreas. E no entanto… não o fazemos. O mesmo acontece em áreas da nossa vida como a saúde ou as…

A inveja é considerada um dos sete pecados mortais. Mas será que o é obrigatoriamente? Ainda ontem, em conversa com a minha mãe, falávamos sobre o verdadeiro significado da inveja e como ela pode ou não ser realmente considerada um pecado mortal. Quando eu digo que gostava de ser como aquela pessoa, ou que gostava de ter aquilo que aquela pessoa tem, não percebo qual a razão para isso ser considerado um pecado. Porque eu não quero tirar nada a ninguém, apenas quero conquistar algo mais para mim. Ser ambicioso e querer ter o que os outros têm não prejudica ninguém. Pelo contrário, até dá valor aos outros pois significa que os admiro por já estarem aonde eu quero chegar ou por terem desenvolvido características que eu também quero para mim. O princípio que está por trás de considerar a inveja um pecado é o princípio da escassez. Este princípio…

O que sente quando alguém lhe diz que “não”? E quando alguém discorda da sua opinião? Está aberto a outros pontos de vista? Normalmente sentimo-nos mal. Sentimos que estamos a ser confrontados, contrariados, incompreendidos. Sentimos que a outra pessoa está a pôr em causa a nossa opinião e que isso não faz qualquer sentido. Sentimos que certamente que não gosta de nós, que só nos quer deitar a abaixo. Ou então que não percebeu o que quisemos dizer. Esta história começa desde que nascemos. Sentirem-se contrariados é um dos grandes motivos de insatisfação das crianças. Alguns pais tentam ainda justificar a razão do “não” mas, na verdade, tudo o que argumentarem depois já não é interpretado, pois as crianças já estão em modo de defesa. Neste modo, já ninguém ouve nada. Em alguns casos desligam todos os sentidos. Noutros ficam apenas a pensar quais as melhores formas de conseguir passar…

Na minha perspetiva, a liderança está intimamente ligada ao desenvolvimento pessoal. Isto porque a liderança não deixa de ser a escolha voluntária, consciente ou inconsciente,  que um grupo de outra pessoas fazem quando nos seguem. A liderança não é uma decisão do líder e sim do seguidor. Ele  escolhe seguir outra pessoa. E quem é que são as pessoas que tendemos a seguir? Pessoas que têm padrões mais elevados do que os nossos, que acreditamos que nos leva onde não conseguiríamos chegar sozinhos, pelo menos nessa determinada fase da nossa vida. O processo de nos tornarmos líderes é, acredito eu, tornarmo-nos alguém atrativos e que os outros escolhem seguir porque, de alguma maneira, têm padrões mais elevados. Então, isto passa por entendermos melhor o que se passa à nossa volta e a forma como respondemos aos desafios que a vida nos vai trazendo. Isto leva-nos a uma outra reflexão. A…

Não posso dizer que estes sejam os 13 livros que mais me influenciaram, nem que são os 13 melhores livros de desenvolvimento pessoal ou de desenvolvimento espiritual. Mas são, sem dúvida alguma, 13 livros que alargaram a minha consciência… Creio que estas foram as obras que mais me marcaram do ponto de vista da minha evolução pessoal, espiritual e como ser humano nos últimos 12 anos. São 13 livros que, por ordem mais ou menos cronológica, me tornaram uma pessoa francamente diferente da pessoa que era antes e, acredito eu, uma pessoa melhor. 1 – Unlimited Power (O Poder Sem Limites), de Tony Robbins É um livro com o qual me tenho identificado cada vez menos ao longo do tempo, mas não posso deixar de reconhecer a importância que teve em mim. Este livro tem uma importância significativa no entendimento de uma parte do funcionamento do nosso cérebro, nomeadamente nos aspetos…