É UM EMPRESÁRIO AMBICIOSO?
É UM EMPRESÁRIO AMBICIOSO?
Próxima Página Próxima Página
Tag

Empresário

Browsing

A maioria dos empresários, gestores que acompanhamos nos nossos processo de consultoria empresarial, já estão no cargo há alguns anos, já adquiriram hábitos que estão muito enraizados e já não estão muito disponíveis para fazer as coisas de forma diferente. Mas aquilo que fizeram até agora trouxe-os até aqui. Se querem ir mais além, têm que fazer coisas diferentes, como nos explica Marshall Goldsmith no seu livro O Que o Fez Chegar Aqui, Não o Leva Mais Além. A primeira fase do processo de consultoria: Conhecer o Negócio Nos processos de acompanhamento que fazemos a empresários e gestores, a primeira fase é para recolha de informação da empresa e estabelecer com algum detalhe o ponto de situação actual do negócio. Nesta fase é fundamental que consigamos entender os dois (nós e o empresário) como está realmente o negócio a correr. Esta é uma fase muito interessante em que, por incrível…

Para um empresário, como para qualquer pessoa, há dias difíceis, em que tudo parece correr mal.  Levantamo-nos já atrasados, o despertador não tocou pois faltou a electricidade, os nossos filhos em vez de colaborarem parecem mais preguiçosos do que nunca, o carro não pega pois as luzes ficaram ligadas a noite toda, um colaborador muito importante liga a dizer que está doente e que não vai trabalhar, um potencial cliente com quem tínhamos reunido na véspera liga a dizer que não vai avançar com o contrato e um já cliente importante liga-nos a dizer que vai rescindir o contrato pois encontrou uma alternativa muito mais barata…  É neste momento que dá vontade de mandar tudo para o alto e dizer: DESISTO! Ser empresário é ter dias assim, mas encontrando uma forte convicção naquilo que fazemos, continuamos o caminho. Levantamos a cabeça, procuramos outras alternativas e lá vamos nós em frente.…

Há uns tempos, jantei com uns antigos colegas de MBA e tivemos uma conversa bastante interessante. Alguns de nós montámos as nossas próprias empresas e aproveitámos para discutir o impacto que isso tinha tido nas nossas vidas (de construir um negócio). Quase todos os meus colegas, que tomaram esta opção, testemunhavam que estavam a ganhar menos do que quando trabalhavam por conta de outrem e que tal facto teria como consequência um decréscimo da qualidade de vida familiar. Isto porque, além disso, não trabalhavam menos que antes. Foi uma reflexão muito interessante! Como é que uma série de gente brilhante, com vários anos de experiência e qualificações académicas deste nível, vive o mesmo problema que é vivido pela maior parte dos empresários? O seu negócio não lhes permite melhorar o seu nível de vida! Se é esta a experiência da maioria dos empresários… E se a isto acresce que em…

Consegue traçar um perfil das características fundamentais que não podem faltar a um empresário bem-sucedido? Têm sido investidos muitos milhões, nos últimos anos, na procura dos princípios comportamentais do empresário de sucesso. As conclusões que todos esses estudos têm vindo a apresentar são, no fundo, bastante semelhantes. De facto, confirma-se que estes empresários têm uma série de características em comum. E o que é curioso é que essas características são, pelo menos, tão importantes como o conhecimento técnico. Estes Empresários de Sucesso têm uma enorme noção de responsabilidade. No sentido de compreender que todos os seus resultados decorrem das decisões que tomaram e não da organização de fatores que escapam ao seu controlo.  Neste contexto, destaco 5 características que diferenciam um empresário “vulgar” de um empresário de Sucesso: 1 – São fanáticos da definição de objetivos e têm uma enorme consciência de realização. 2 – São otimistas. Não por esperarem que…