Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Próxima Página Próxima Página
Tag

envolvimento

Browsing

Já partilhei várias vezes que considero a alienação o maior flagelo económico do final do século XX até aos nossos dias. Mas converter uma equipa ao envolvimento é um desafio para qualquer líder. Colaboradores que fazem a tarefa pela tarefa e não pelo resultado são um problema passível de ser identificado em quase todas as empresas. Não sabe o que é alienação?! Descubra neste artigo Faz parte do trabalho dos líderes criar envolvimento.  Mas será que é sempre possível? Talvez seja. Aliás, somos ensinados a acreditar que tudo é possível. No entanto, para mim, a questão não é se é possível ou não. Mas sim se vale a pena fazê-lo. Por outras palavras, converter uma equipa que esteja verdadeiramente alienada numa equipa envolvida é uma tarefa que vai implicar um enorme esforço por parte do líder. Para além do esforço, esse processo vai provavelmente levar muito tempo até que o líder…

Gerir pessoas é uma tarefa muito complicada. Para grande parte dos clientes com quem trabalho, é mesmo considerada uma das mais difíceis. É, no entanto, uma tarefa que todos nós que lidamos com equipas no dia-a-dia temos de ir aprendendo a fazer cada vez melhor. Pessoas são sempre pessoas. Por mais que criemos estereótipos e que as tentemos caracterizar, cada indivíduo é único e diferente do outro. Sabermos ler os outros, perceber como lidar com cada indivíduo é uma arte que está ao alcance de poucos. O poder de nos adaptarmos aos outros é fundamental em qualquer função de liderança. Mas é também importante sabermos impor as nossas regras e garantir que as coisas acontecem da melhor maneira. Tendo como base as opiniões de alguns dos maiores gurus da gestão e da liderança, existe uma grande dicotomia entre o que é gestão e liderança, o que é controlo e inspiração,…

Se nós temos o poder de recrutar, treinar, despedir, criar uma cultura… e os resultados não estão a aparecer, então é porque nós, líderes, não estamos a saber fazer o nosso trabalho. Se a nossa equipa está alienada é porque nós também estamos alienados. Nós é que permitimos essa alienação. Ao invés, se nós estivermos envolvidos, as nossas equipas também estarão envolvidas. Olhemos para uma empresa como um icebergue. Um icebergue aumenta ou diminui conforme a temperatura da água e do ar. Se a temperatura descer, o icebergue vai crescer. Mas se por alguma razão a temperatura aumentar, o icebergue vai diminuir. Então, usando este exemplo, o trabalho de um líder é sempre manter a temperatura gelada, não só para manter o icebergue mas para fazê-lo crescer constantemente. Quando o icebergue cresce significa que a cultura da empresa melhora e os comportamentos sobem de qualidade. Consequentemente, os resultados também sobem.…

Uma coisa de que os consultores imobiliários se tendem a esquecer é a venda repetida. Muitas vezes, os profissionais pensam que vão vender um imóvel a uma pessoa uma vez e que nunca mais vão transacionar com ela. No entanto, segundo os últimos números de que tive conhecimento, em média, as pessoas estariam a mudar de casa a cada 5 anos. Vou pegar no caso do vendedor Joe Girard, que em 1997 foi eleito pelo Guiness Book como o Maior Vendedor do Mundo. Este profissional foi distinguido depois de vender mais de 600 carros num ano, quando os vendedores de automóveis americanos costumavam demorar, em média, até cinco anos para o conseguir. Quando foi auditado pela Deloitte & Touche para reconhecerem o seu recorde, a empresa percebeu que quase 70% das vendas deste profissional eram venda repetida ou referenciação. Ora, nos anos 70, as pessoas mudavam de carro também a…

Sabe quais as 4 disciplinas que podem aumentar a capacidade da sua equipa para executar de forma consistente os seus planos? Muitos empresários contactam-me no sentido de pedir ajuda com a consistência de execução das suas equipas. No que respeita aos planos que eles mesmos desenharam. E nós desenvolvemos, nos últimos anos, na Paulo de Vilhena Business Excelerators, um sistema constituído por  4 disciplinas, que resulta em 100% das vezes que é aplicado. 1 – Disciplina da concentração Esta diz-nos que quanto mais concentrados estivermos focados num objetivo, maior a probabilidade de o atingirmos. A noção de que menos é mais e de que as primeiras coisas devem ser sempre consideradas em primeiro lugar é crítica. Assim, deve concentrar a sua equipa no mínimo de objetivos que for possível e preferencialmente num tema por trimestre. Concentre-os numa única coisa e a probabilidade dessa coisa ser resolvida é de quase…

É certo e sabido que não podemos dar o que não temos. Só podemos dar o que temos. Na minha opinião, o melhor investimento que podemos fazer é em nós próprios. Se não nos capacitarmos, se não investirmos o mais possível no refinamento das nossas qualidades, das nossas competências, das nossas convicções, dos nossos valores, estaremos sempre limitados no serviço que somos capazes de prestar ao mercado e aos nossos clientes. Ao investirmos em nós mesmos estaremos capacitados para dar o nosso melhor. Não desejes que seja mais fácil. Deseja seres melhor. Não desejes teres menos problemas. Deseja teres mais competências.  Não desejes menos desafios. Deseja mais sabedoria – Jim Rohn A vida não vai ser fácil e por isso mesmo temos de estar preparados para enfrentar os desafios. Qualquer investimento que façamos na melhoria das nossas capacidades é curto. Um dos motivos de reflexão profunda que tenho tentado passar…