Arquivo de poupança - Paulo de Vilhena
Tag

poupança

Browsing

Podemos ganhar 800, 1000, 2000 ou 5000 euros, ser casados e ter filhos ou solteiros a morar na casa dos pais, mas existe um fator decisivo para que consigamos criar uma poupança e trabalhar para a nossa independência financeira. Que tipo de vida acha que levam os grandes milionários?  Se calhar tem uma ideia errada… “A maioria dos milionários tinham um estilo de vida perfeitamente frugal, e ninguém diria que seriam milionários e geriam uma fortuna.” Esta é uma das conclusões do estudo estatístico feito pelos autores do livro “The Millionaire Next Door” que identificaram as principais características dos maiores milionários. Despesas e gastos A maior parte das pessoas percebe muito rapidamente quando começa a trabalhar que as despesas se expandem na direta proporção das riquezas. Eu próprio passei por isso até aos meus 30 anos de idade. Tinha uma carreira promissora na banca como gestor de fortunas, o…

Só dominando e aplicando a fórmula da capitalização é possível criar riqueza. Mas, a menos que se ganhe uma herança, ninguém se torna milionário de um dia para o outro. Porque o tempo é o fator determinante neste processo. A fórmula da capitalização refere-se à rentabilidade sobre a rentabilidade ou ao juro sobre o juro, o juro composto. Apesar de o efeito da capitalização ser relativamente lento no início,  a base vai-se expandindo e vai acelerando com o tempo. Na prática… Se investirmos 1 euro a 10%, ao fim de um ano teremos 1,1 euros. No ano a seguir, os mesmos 10% já não irão incidir somente sobre o 1 euro, mas sobre 1,1 euros. Então, no segundo ano, teremos uma rentabilidade maior à que tínhamos no primeiro ano. E no terceiro a rentabilidade também será superior à do ano anterior – e assim sucessivamente. Ou seja, ao longo do tempo,…

A maior parte de nós tem apenas uma fonte de rendimento: o salário. Mas se a essa remuneração juntarmos outras fontes de rendimento, e se formos disciplinados e cuidadosos na gestão do dinheiro, poderemos ter uma reforma milionária. Isto porque atingir a independência financeira através de uma poupança construída por acumulação de salários (ou melhor, do que sobra depois de todas as nossas despesas) é claramente difícil. Podemos ainda, de acordo com a nossa exigência e expetativa financeira, criar uma alavanca que nos permita aumentar exponencialmente a nossa capacidade de poupança. Daí resultará um aumento dos nossos investimentos e, consequentemente, o aumento da capitalização dos nossos recursos. Existem inúmeras possibilidades de fontes de rendimento além do salário. Vejamos: Part-time Imaginemos que tem um trabalho a full-time que lhe dê uma fonte de rendimento que permita pagar todas as despesas correntes do seu agregado familiar. Pode dedicar duas a quatro horas…

Hoje falo-vos de despesas e do ciclo mensal da poupança. Os nossos gastos crescem na direta proporção das nossas receitas. Se o seu objetivo é alcançar a independência financeira numa vida longa e eticamente responsável, é imprescindível que mantenha as despesas dentro de limites muito rigorosos e abaixo do que ganha. Seja ponderado nas suas compras a priori O primeiro passo para poupar e acumular riqueza é o controlo racional dos custos. Quanto mais afincadamente controlar as suas despesas mais perto vai estar da independência financeira. Seja a nível pessoal seja a nível profissional, este é um trabalho de reflexão que deve ser feito antes de cada compra. Explore o mercado, seja um consumidor informado e decida antes de fazer as compras para assegurar que aquele foi um gasto ponderado e uma boa decisão. Evite compras por impulso Todos os dias os departamentos de marketing estudam e criam novas…

Qual é o truque que eu posso usar na minha vida pessoal para garantir que comece a conseguir fazer uma poupança financeira? Costumo dizer que quanto a essa questão não tenho grandes dúvidas : Pague a si próprio primeiro! Existe um livro fantástico sobre este tema de finanças pessoais, The Automatic Millionaire, da autoria de David Bach,  que foca essencialmente essa ideia. Em rigor, o que significa pagar primeiro a si próprio? Há uma diferença grande de pensamento entre as pessoas que acumulam algum tipo de dinheiro e aquelas que, por alguma razão, por muito que ganhem não conseguem lá chegar. E a razão é muito simples. Nós tendemos a ganhar dinheiro, gastar dinheiro e poupar o que sobrar. E normalmente não sobra grande coisa… As pessoas que conseguem acumular uma quantidade significativa de dinheiro  fazem  o contrário.  Ganham dinheiro, poupam dinheiro e gastam o que sobra. Ou seja, pagam…