Arquivo de investimentos - Paulo de Vilhena
Tag

investimentos

Browsing

Quando investimos em imobiliário para construir riqueza, procuramos comprar imóveis para os tornar ativos não apenas contabilísticos, mas acima de tudo rentáveis. Hoje explico-lhe como garantir uma rentabilidade anual de 10% ou mais! Pode pensar nisto como arrendamento agrícola, ou de terrenos; como arrendamento comercial (embora este seja um mercado mais duro e que eu recomendo para profissionais); ou como arrendamento de habitação, que é o que mais faço e onde me sinto mais confortável. Antes de mais, lembre-se sempre de investir onde desenvolver competências. Não invista em coisas que não conhece. Estude-as bem e conheça a relação entre risco e o retorno daquilo em que pretende investir. O foco é sempre encontrar 10% de rentabilidade, entre o valor que paga e a renda que toma. Se estiver a procurar qualquer imóvel ao preço de mercado, obviamente encontrar uma rentabilidade de 8, 10 ou 12% não será fácil de encontrar.…

De acordo com um estudo realizado em vários países desenvolvidos, apenas 2% dos reformados consegue subsistir por si mesmos. Acha que vai fazer parte deste grupo? A primeira coisa a saber é onde está a gastar o seu dinheiro. Segundo aquele estudo, quando chega a idade da reforma, 45% das pessoas passa a depender de familiares; 30% depende da Segurança Social ou de instituições de caridade; 23% continua a trabalhar; e apenas os restantes 2% consegue substituir por si mesmos (sendo que apenas 1% consegue sustentar-se sem perder património). Mas o cenário tende a piorar. Atualmente, dadas as alterações nas taxas de natalidade, a probabilidade de não virmos a ter uma reforma, apesar de todos os descontos que fizemos, é muito elevada. Quando, em 1889, Bismarck estabeleceu a idade da reforma aos 65 anos na Alemanha, a esperança média de vida era de 45 anos, e seriam poucos os que…