CURSOS ONLINE DISPONÍVEIS AQUI
CONHEÇA OS NOSSOS CURSOS ONLINE
Próxima Página Próxima Página
Tag

gestão empresarial

Browsing

Se nós temos o poder de recrutar, treinar, despedir, criar uma cultura… e os resultados não estão a aparecer, então é porque nós, líderes, não estamos a saber fazer o nosso trabalho. Se a nossa equipa está alienada é porque nós também estamos alienados. Nós é que permitimos essa alienação. Ao invés, se nós estivermos envolvidos, as nossas equipas também estarão envolvidas. Olhemos para uma empresa como um icebergue. Um icebergue aumenta ou diminui conforme a temperatura da água e do ar. Se a temperatura descer, o icebergue vai crescer. Mas se por alguma razão a temperatura aumentar, o icebergue vai diminuir. Então, usando este exemplo, o trabalho de um líder é sempre manter a temperatura gelada, não só para manter o icebergue mas para fazê-lo crescer constantemente. Quando o icebergue cresce significa que a cultura da empresa melhora e os comportamentos sobem de qualidade. Consequentemente, os resultados também sobem.…

Nos últimos tempos tenho falado bastante da importância da formação, de querer saber sempre mais sobre o que o pode fazer crescer profissionalmente. É fundamental procurar essa informação, compreendê-la e incorporá-la da maneira que melhor servir o seu propósito. Da minha experiência como coach empresarial, vejo uma de duas coisas ao nível da gestão quando entro numa empresa. Em algumas organizações, não há informação disponível e as decisões são feitas com base na intuição da administração e na sua perceção daquilo que resultou no passado. Noutras, há demasiada informação, dispersa, sem qualquer fio condutor e que acaba também por não ajudar na tomada de decisões. Hoje a informação é simples de encontrar, tanto interna como externamente. Qualquer pesquisa num motor de busca nos retorna milhões de entradas. Cabe-nos a nós selecionar o que é importante e o que é acessório.  Temos de ser capazes de separar aquilo que temos mesmo que ver…