Tag

cultura empresarial

Browsing

A preocupação de encontrar um culpado concentra-nos no caminho errado. Ao encontrarmos um culpado ficamos aliviados e consideramos muitas vezes a situação resolvida. Mas será que ao apurar a culpa resolvemos realmente o problema? Na maior parte dos casos não. A questão da culpa ainda está muito presente na nossa cultura empresarial. E muitas vezes impede-nos de avançar. Quando acontece um problema numa empresa, muitas vezes a primeira atitude das pessoas é perceber de quem foi a culpa. Não o fazem sequer com o objetivo de culpar alguém, mas com o objetivo de se desculparem a elas. “Não fui eu! E não fui eu, porque foi ele.” Ora… em que é que isto resolve o problema? Perdem-se os primeiros primeiros minutos ou mesmo as primeiras horas a procurar quem é o culpado de uma determinada situação. E só a seguir se analisa porque é que aquele problema apareceu. Talvez estejamos…

A cultura empresarial reflete os valores mais importantes dos líderes da empresa, os comportamentos que são aceitáveis e que devem ser mantidos como inegociáveis. Ora, quando entramos numa empresa que já está a laborar temos de nos saber adaptar à cultura já definida. Devemos por isso perceber se nos enquadramos nos valores e nos pontos de cultura, pois, por mais que acreditemos que os nossos são melhores, não os vamos conseguir impor. Hoje quando os meus clientes de coaching empresarial me fazem questões sobre recrutamento, tenho esta lição muito presente. Aconselho sempre a procurar pessoas com os valores alinhados com aquilo que é a cultura da empresa. As questões técnicas alinham-se depois, os conhecimentos adquirem-se, mas os valores não se mudam e se entrarem em conflito nunca vamos conseguir resolver. Quando fazemos uma entrevista de recrutamento devemos ter muito claro quais os valores vividos internamente. E depois devemos focar-nos…