NOVO CURSO

BUSINESS MASTERCLASS

Para Empresários Ambiciosos

curso business masterclass com paulo de vilhena

NOVAS DATAS DISPONÍVEIS

Neste Novo Curso Business Masterclass, irei partilhar consigo conteúdos para que consiga ter um entendimento diferente da sua empresa.
Durante 2 dias terá a oportunidade de refletir sobre as áreas fundamentais de alavancagem dos seus resultados empresariais. Nesse período, poderá aprofundar o seu entendimento sobre as dinâmicas do processo de decisão, na gestão de uma empresa e o impacto que isso tem nos seus resultados.

Consiga um maior refinamento das suas ideias que o vão conduzir, a si e à sua empresa, ao próximo nível.

Descubra a Chave do Crescimento Empresarial
Neste Curso de Gestão Estratégica

Referenciado em:

Sabia que menos de 1% das empresas que abrem no mundo atingem 1 Milhão de faturação?
Há 2 grandes estrangulamentos que dificultam o crescimento acima deste valor:
O 1.º estrangulamento típico é a hora de trabalho do empresário.
A maior parte das empresas é formada à volta da atividade do trabalho técnico que o empresário sabe fazer.
Como exemplo o cozinheiro que abre um restaurante.
Quando o empresário não tem mais horas de trabalho para crescer operacionalmente, a empresa fica limitada no seu crescimento.
Em rigor, esse empresário não é empresário, mesmo que tenha uma equipa com 15 pessoas. Ele é um auto-empregado.
Se a empresa estiver dependente do seu envolvimento operacional, não tem como crescer.
O 2.º estrangulamento são os empresários não pararem para pensar por estarem muito envolvidos nas operações diárias.
E tudo o que é limitado no crescimento é apressado na morte.
Esta é uma lei da Natureza: tudo o que não está a crescer, está a morrer.
Se menos de 1% das empresas que abrem no mundo atingem 1 Milhão de faturação, apenas 4% de todas as empresas sobrevivem 10 anos.
E sobreviver não é prosperar.

O Que Vai Aprender?

business masterclass - análise e estratégia

Análise e Pensamento Estratégico

Vou ajudá-lo a tirar tempo para que possa refletir e decidir com o objetivo de diminuir os seus erros empresariais. Vai conseguir entender a importância do pensamento paranóico e a como evitar soluções fáceis.
business masterclass - empreendedorismo

Lidar com a Dinâmica do Empreendedorismo

Descubra comigo quais são vantagens de estar numa PME e onde tem de colocar o seu esforço. Como aproveitar, a seu favor, as disfunções de um empresário para trabalhar o seu negócio e não no seu negócio.
business masterclass - liderança

Liderança de Alto Desempenho

Aprenda a como conseguir uma equipa de alta performance na sua empresa, a desenhar e a guardar a sua cultura. Será capaz de definir objetivos e planos para os seus colaboradores serem mais produtivos.
business masterclass - planeamento estratégico

Planeamento Estratégico

Entenda os desejos do mercado, como ter um crescimento estratégico e como afinar os seus modelos de negócio.
business masterclass - maximização do valor de uma empresa

Maximização do Valor de uma Empresa

Irá aprender a entender e a lidar com o risco e também como criar valor na sua empresa.

O Crescimento de Uma Empresa é a Manutenção de um Círculo Virtuoso:

Vender o mais possível e transformar as vendas na maior percentagem de lucro possível e esta percentagem de lucro na maior quantidade de fluxo de caixa que for possível para ser re-investido nas vendas, assegurando que o círculo virtuoso, não apenas tem a maior dimensão que é possível, mas também a maior consistência e previsibilidade.
Se, como empresário, a minha função é assegurar este círculo virtuoso o risco aparece como tudo aquilo que pode ameaçar a consistência e previsibilidade do mesmo.
Os riscos podem ser internos e externos, controláveis e incontroláveis.
Nos Riscos Internos temos os casos mais clássicos:
Empresas que dependem de uma pessoa-chave. Muitas vezes, a pessoa-chave é o próprio empresário. E eles gostam, até por uma questão de ego, de centralizar todo o negócio à sua volta. Agora, imagine que esse empresário fica doente por alguma razão. Obviamente que isso vai afetar as operações ou até impossibilitá-las. Tudo o que seja dependência de pessoa-chave é um risco. Sério. E que não pode ser ignorado na sua empresa.
Dependência de um cliente apenas. Obviamente que essa empresa está totalmente nas mãos desse cliente e se por alguma razão, algum dia, alguma coisa falha e esse cliente deixa de nos comprar a empresa não está preparada para subsistir.
Dependência de apenas de um fornecedor. Se esse fornecedor nos fecha a porta temos um problema sério. Mesmo que ele não feche a porta e se dependemos apenas de um fornecedor qual é o poder negocial que ele tem junto de mim?
Nos Riscos Externos temos
Riscos de ambiente, que é aquilo que acontece à nossa volta e são os mais difíceis de controlar
Concorrência, são eles que perseguem os nossos euros. Perceber que de alguma forma algumas das coisas que acontecem externamente em relação à concorrência que nos podem ameaçar.
Quanto aos Riscos Controláveis:
São todos os investimentos que fazemos na empresa e dos quais duvidamos se vai correr bem ou mal. Um exemplo típico são as contratações de recursos humanos.
Depois temos Riscos Incontroláveis como aquilo que acontece na economia.
Mesmo sendo coisas que são praticamente impossíveis de controlar, devemos estar atentos e prontos a responder aquilo que acontece e adaptarmo-nos às mudanças.
Os riscos incontroláveis são, de alguma maneira, previsíveis. Nomeadamente os económicos.
Neste meu novo curso de gestão empresarial, o que proponho é que passe a abordar de uma forma sistemática, séria e profunda os riscos de todas as decisões que tomar.
Vou explicar-lhe como pensar para não tomar decisões definitivas sem fazer uma análise profunda e precisa desse mesmo risco. É do seu entendimento desse risco que pode depender a sua capacidade de reagir, adaptar-se e nalguns casos até de prosperar.

Quem é Estratégico Tem Resultados

business masterclass - testemunho claudio martins
“Vale a pena o dinheiro que investimos com o Paulo de Vilhena, garanto que se tem o retorno financeiro. Mudou a minha vida. Costumo sempre dizer que existe um Cláudio Martins antes e depois de conhecer o Paulo. ”
CLÁUDIO MARTINS – Sócio-Gerente Grupo Antas
business masterclass - testemunho nuno gomes remax
“O acompanhamento do Paulo tem espelhado um nível de resultados que não esperava. São pormenores que fazem a diferença. E estes pormenores têm sido “por maiores”, que nos têm dado resultados extraordinários. Se quisermos ter resultados significativos o Paulo é a pessoa certa para nos ajudar”
NUNO GOMES – BROKER Remax Prestige – Agência Nº1 Mundial por 3 anos consecutivos
business masterclass - testemunho benjamim nande
“Mais do que melhorar a empresa, o acompanhar dos ensinamentos do Paulo de Vilhena durante estes anos todos mudaram-me a mim próprio. E as mudanças transitaram para a minha empresa e para os meus colaboradores. ”
BENJAMIM NANDE – Presidente Nande – Laser e Tecnologia
business masterclass - testemunho hugo ribeiro
“A vida é uma aprendizagem constante. Poder privar com o Paulo de Vilhena e se possível participar nas suas sessões de formação são boas formas de poder acelerar o processo de aprendizagem. Qualquer das suas obras permite acrescentar valor e conhecimento valioso para o desempenho no dia a dia da gestão pessoal e empresarial.”
HUGO RIBEIRO DA SILVA – CEO XRS Motor – Centro Porsche Porto/Braga
business masterclass - testemunho samuel soares
“Tenho o privilégio de conhecer o Paulo de Vilhena desde 2010 e posso afirmar que o Paulo tem contribuído de forma determinante para a aceleração do meu crescimento pessoal e dos resultados da equipa Samsys! O Paulo realiza um trabalho muito sério, com um nível de integridade e sempre com muito valor.”
SAMUEL SOARES – CEO Samsys – Empresa Vencedora da Heróis PM

Conheça Estratégias Vencedoras

Criada em finais dos anos 60, foi apenas em 1987 que os executivos da NetJets chegaram à ideia de criar um novo mercado na aviação: o da propriedade fracionada de jatos particulares.

Os clientes não compravam um jato diretamente mas sim uma pequena fração, obtendo a conveniência de um jato particular pelo preço de uma viagem aérea comercial.

Esta ideia surgiu de muita observação dos viajantes de negócios, que é o setor mais lucrativo de clientes na aviação.
Estes executivos só tinham 2 opções na hora de viajar. Ou voavam em classe executiva ou 1ª classe numa companhia aérea comercial ou a empresa deles comprava o seu próprio jato particular.

Tirar tempo para pensar estrategicamente foi vital para a NetJets definir toda a sua nova estratégia futura.

Com jatos particulares poderiam usar aeroportos regionais menores aumentando exponencialmente o número de aeroportos em que poderiam aterrar. Também não há transferências de voos e as viagens que de outra forma exigiriam pernoitas poderiam ser concluídas num único dia.

O tempo do carro até a descolagem começou a ser medido em minutos, em vez de horas. E acreditamos que o mais atraente tenha sido que o jato estaria sempre disponível com apenas quatro horas de antecedência.

Por último e não menos importante, o NetJets reduziu drasticamente os problemas relacionados com a segurança e ofereceu um serviço de bordo personalizado ao cliente.

Quase quarenta anos depois, a liderança da NetJets neste novo espaço de mercado ainda é cinco vezes maior do que o do seu concorrente mais próximo.

Poucos sabem mas Howard Moskowitz foi o cérebro por trás da estratégia que mudou não apenas o futuro de uma empresa mas que acabou por mudar toda a indústria mundial de comida, nos últimos 40 anos.

No início dos anos 80, a empresa Campbell criou a Prego, e a Prego competia com a Ragu, que era o molho de tomate para esparguete dominante nos anos 70 e 80, nos Estados Unidos.

Estando a perder para a Ragu, a Prego contratou Howard para colocá-los na liderança.

Ele começou por analisar toda a linha de produtos que tinham e sem nenhumas papas na língua disse-lhes: “o que vocês têm aqui é a sociedade do tomate morto“.

Então ele foi até à cozinha da Prego e decidiu criar 45 (!) novas variedades de molho de tomate.
E modificou-as de todas as maneiras possíveis que possa imaginar: por doçura, quantidade de alho, picante, acidez do tomate, quantidade de bocados de tomate visíveis e muito mais.

Depois de muitos testes, Howard analisou todos os dados de todas estas variedades de molho de tomate e apercebeu-se que o público americano se enquadrava num de 3 grupos:

– pessoas que gostam do seu molho de tomate simples
– pessoas que gostam do seu molho de tomate picante
– e pessoas que gostam do seu molho de tomate grosso e com bocados de tomate visíveis.

E destes 3 grupos, o terceiro foi o mais significativo, porque na época, (início dos anos 80) se fosse a um supermercado, não encontraria molho de tomate grosso com bocados de tomate visíveis.

A Prego questionou Howard:
“Está-nos a dizer que um terço dos americanos anseia por molho de molho de tomate grosso com bocados de tomate visíveis e ainda assim ninguém atende às suas necessidades?“
Howard confirmou.

E a Prego, com esta nova informação, reformulou completamente o seu molho de tomate e lançou uma nova linha que imediatamente e completamente assumiu o negócio de molho de tomate para esparguete neste país.

Nos 10 anos seguintes, a Prego conseguiu ganhar 600 milhões de dólares só na sua nova linha de molho de tomate grosso com bocados de tomate visíveis e assim conquistando a sua tão ambicionada liderança no mercado.

Este é um exemplo típico de como a estratégia faz diferença numa empresa.

Como a Microsoft conseguiu 90% de quota de mercado mundial ao mesmo tempo que ajudou a Apple a não falir?

Numa primeira observação, pode-se dizer que a Apple e a Microsoft começaram no mesmo ponto. Ambas desenvolveram computadores nos anos 70 mas a Microsoft seguiu um caminho diferente: apostou mais no software e praticava um preço inferior da Apple. Esta focou-se mais no interface gráfico e era mais cara.

Nos inícios dos anos 80, quando a Apple dava os primeiros passos, era a Microsoft que criava o software para instalar no Macintosh. Bill Gates chegou a dizer que tinha mais pessoas a trabalhar nos produtos da Apple do que o próprio Steve Jobs.

O futuro da Microsoft ia sendo decidido a cada momento que Gates parava para pensar.

Por exemplo, uma das táticas que usou para se expandir no mercado dos computadores pessoais, foi distribuir cópias gratuitas do Microsoft Word juntamente com a revista PC World. Isto significou que a propagação do seu software foi muito mais rápida.

E não demorou até o Windows entrar nos computadores Macintosh e Gates investir 150 milhões de dólares na Apple. Porquê?

Porque Jobs tinha sido despedido da sua própria empresa e quando voltou à direção, passados 12 anos, a Apple estava muito debilitada.

Gostava de Ter Uma Fórmula Que Assegurasse o Crescimento da Sua Empresa?

Eu admito que sim. As más notícias é que não há fórmulas.
Nas últimas décadas, vários autores têm tentado simplificar soluções para uma série de coisas: os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes, as 5 fórmulas de fazer crescer a sua empresa, os 4 caminhos para alavancar o seu negócio…
Eu próprio tenho sido, de alguma forma, responsável por vários caminhos desse género. Quando, nós autores, escolhemos seguir essa via de comunicação, queremos simplificar uma série de ideias estruturantes. Queremos que, quem nos lê, consiga organizar um mapa mental e não se esqueça do que é absolutamente estruturante.
O que é crítico, mais do que as fórmulas, é o entendimento profundo das dinâmicas.
Não podemos pensar que só por aplicarmos algumas fórmulas, a partir daí tudo vai correr sem obstáculos e sem dificuldades.
Porquê? A vida é um pouco mais complexa e traz-nos sempre surpresas. Aparecerão sempre coisas inesperadas que trazem desafios para os quais poderemos não estar preparados.
Aquilo que é absolutamente crítico é a nossa presença na situação. Parar para pensar. Analisar o que está acontecer. A gestão estratégica de qualquer empresa passa sempre por tirar tempo para pensar. Reagir instintivamente ao que sucede diariamente é meio caminho andado para maus resultados.

O Que Realmente Precisa Saber

Neste meu Novo Curso, quero que entenda a importância de uma nova forma de pensar. Poderei dizer até que é uma filosofia ou um conjunto de princípios que precisa de conhecer e aplicar para ter resultados na sua empresa.
Irei falar do processo que está subjacente em todas as tomadas de decisão e que tem um impacto nas atividades da equipa e a jusante nos resultados da empresa
E agora deixe-me partilhar consigo algo que eventualmente não gostará de ler… é necessário que entenda que a contabilidade é um reflexo das suas atividades empresariais. Esta tomada de consciência implica que terá de fazer uma análise e interpretação muito séria dos seus resultados. Para que destes consiga extrair os dados que lhe vão permitir tomar melhores decisões futuras.

Pensar é o Trabalho Mais Importante e Mais Bem Pago Que Existe.

E é um trabalho que o empresário não pode deixar de fazer.
Acredito que todo o valor económico é criado no ponto de vista do processo de tomada de decisão. Tudo aquilo que acontece numa empresa e que termina com a relação entre os colaboradores e os seus clientes tem início no processo de tomada de decisão.
O empresário, muitas vezes com a ajuda da sua equipa, pára para pensar e refletir nas questões estratégicas. É preciso parar para analisar o que aconteceu, para que possa ajustar o processo mais à frente.
Quantas mais vezes se parar para analisar tudo o que acontece na empresa, melhor será o processo de decisão, de gestão empresarial e consequentemente dos bons resultados que vão aparecer.

7 Razões Para Participar Neste Curso

1

Parar de estar Embrenhado em Funções Operacionais e Assumir-se como Gestor do projeto a Tempo Inteiro

2

Focar-se nas Tarefas Críticas e deixar de “Apagar Fogos”

3

Maximizar a Performance da sua Equipa

4

Ser capaz de Traçar um Plano Claro para Alcançar os Objetivos Estabelecidos

5

Passar para o Nível Seguinte da Execução com uma Estrutura Sólida

6

Criar uma Cultura Empresarial que Reflita os Valores em que Acredita

7

Ter as Pessoas Certas, no Lugar Certo, a fazer a Coisa Certa

Onde e Quando Se Realiza?

PORTO

1 E 2 DE SETEMBRO

1 E 2 DE SETEMBRO

HORÁRIO: 9h30 – 17h30

LISBOA

3 E 4 DE SETEMBRO

3 E 4 DE SETEMBRO

HORÁRIO: 9h30 – 17h30

Seja um Gestor de Sucesso

O Alto Desempenho Está ao Seu Alcance

Com a Sua Inscrição Hoje está Incluído

Curso BMC - Business MasterClass

2 Dias de Curso

Ministrado Pessoalmente pelo Paulo de Vilhena, onde pode colocar as suas dúvidas e questões diretamente a ele
Manual Curso BMC - Business MasterClass

Manual de Implementação e Material de Apoio

Para que coloque em prática tudo o que aprendeu no curso

Certificado de Participação e Certificado Digital LinkedIn

Para acrescentar valor ao seu CV
Coffee Breaks Curso BMC - Business MasterClass

Coffee Breaks

Ao longo dos dias de curso (almoço não incluído)

Um Curso de Gestão de Empresas Direcionado Para:

A necessidade de parar para pensar.

A disciplina e o método de pensamento de reflexão das empresas.

A importância do pensamento e planeamento estratégico

A importância de uma cultura

Um processo de liderança efetivo que resulte na empresa.

Sobre Paulo de Vilhena

Paulo de Vilhena é empresário, presidente e fundador da Paulo de Vilhena Business Excelerators, a Empresa Especializada na Aceleração dos Resultados Empresariais em Portugal e no Mundo. É coach de empresários e executivos.

É autor de 7 livros de negócios, tendo totalizado mais de 32 mil livros vendidos:
O Livro Secreto das Vendas (livro sobre vendas mais vendido em Portugal)
Livro Secreto do Crescimento de Negócios
O Mapa da Independência Financeira
A Arte da Guerra nas Vendas, em coautoria com Nuno Gomes
Tudo o que aprendeu sobre vendas está errado!… ou precisa de ser revisto
Os 12 Desafios do Empreendedor
As 6 Chaves Comportamentais dos Profissionais de Sucesso

Como gestor de fortunas começou a perceber uma série de caraterísticas comuns às pessoas de sucesso, bem como os fatores que fazem com que determinadas empresas tenham sucesso e outras não.

Com o MBA da Universidade Católica Portuguesa e após trabalhar diversos anos como consultor em empresas, viu-se munido de um elevado conhecimento sobre gestão de empresas e de uma série de ferramentas absolutamente estruturantes na área.

Ao longo destes últimos 15 anos, criou, desenvolveu e testou o sistema que permite atingir Resultados de forma Consistente em Empresas de qualquer setor de Atividade.

business masterclass - sobre o paulo de vilhena

Alguma Dúvida ou Questão Adicional?

Para esclarecer qualquer questão ou dúvida adicional, fale connosco no WhatsApp pelo n.º (+ 351) 913 619 540, se preferir envie um email para info@paulodevilhena.com ou pelo Jivochat (canto inferior direito), ao qual responderemos de imediato!

2010-2020 © paulodevilhena.com Todos os Direitos Reservados. Política de Privacidade. Política de Cookies.