Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Próxima Página Próxima Página

A maioria dos líderes que conheço reclama da equipa que têm. Gerir pessoas é difícil, mas na maior parte dos casos, ou mesmo sempre, o problema está no líder e não na equipa!

Depois de lerem as frases anteriores, 50% dos leitores já abandonaram este artigo.

Admitir a responsabilidade sobre a equipa, sobre as suas ações e os seus resultados é muito difícil. As pessoas, na sua maioria, não estão preparadas para assumirem a propriedade daquilo que lhes acontece e, por isso, preferem encontrar desculpas e culpar os outros.

Deixem-me partilhar convosco que, na minha opinião, a capacidade de assumir a propriedade do que nos acontece, como sendo consequência das nossas escolhas, é um dos comportamentos que distingue os vencedores das vítimas, as pessoas que realmente têm sucesso na vida.

Sejamos honestos. Um líder tem o poder de recrutar, ensinar, encaminhar, influenciar, controlar e ainda alertar a maneira como as coisas são feitas. Mesmo assim pode dizer que não tem responsabilidade sobre os comportamentos menos bons da equipa?

Na minha opinião, os comportamentos da nossa equipa são um reflexo daquilo que são os nossos comportamentos e, acima de tudo, daquilo que aceitamos como tolerável.

Afinal, o que significa liderar?

Liderar é a capacidade de executar através dos outros.

Para isso, o líder deve assumir a responsabilidade de dar objetivos claros aos colaboradores, bem como um plano para os orientar, controlar e medir resultados. Deve assim garantir que está tudo a correr conforme esperado e acompanhá-los nas reflexões para fazer os ajustes necessários na execução.

A capacidade de liderança é a capacidade mais bem paga do mundo. Portanto, quanto mais pessoas conseguimos liderar, mais bem pago seremos. A capacidade de liderar diretamente é limitada (para uns são 6, para outros 10, mas nunca muito mais que isso). Por isso, temos de fazer crescer a nossa organização em pirâmide, através de lideranças intermédias que assegurem o controlo em cascata da organização.

Mas atenção que em organizações maiores, para assegurar a liderança, é fundamental mantermo-nos como o guia. Temos que manter a nossa influência sobre todos, direta ou indiretamente.

Nunca nos podemos esquecer de que a liderança é uma escolha do liderado. Porque ninguém se consegue impor como líder. As pessoas têm que ver no líder as características que elas gostariam de ter, alguém que elas querem seguir.

A equipa é sempre o espelho da liderança e por isso, enquanto líderes, não se demitam dessa responsabilidade!

Mariana Arga e Lima
Business and Executive Coach na Paulo de Vilhena Business Excelerators

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique-me se