Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Curso Mini-MBA. Inscreva-se Aqui.
Próxima Página Próxima Página

Sabe porque é que é absolutamente crítico para qualquer vendedor, para qualquer profissional e para qualquer pessoa  a definição de objetivos na sua vida?

Porque a partir do momento em que nós definimos os nossos objetivos, a partir do momento em que sabemos o que queremos, em que sabemos para onde nos dirigimos, temos um critério para fazer escolhas. E só podemos definir um critério se tivermos em conta o destino para onde vamos.

Imagine… Se um caminho vai para a esquerda e outro para a direita, nós tendemos a pensar que eles são destinos completamente opostos. E se não soubermos para onde vamos, qualquer um dos caminhos serve. Ou então nenhum serve… porque não temos um critério de escolha.

 Se não sabes para onde vais, todos os ventos são desfavoráveis – Séneca

E eu não podia concordar mais! Todas as nossas decisões no presente dependem de onde nós queremos chegar. Todas são condicionadas pelo destino final.

Se não souber qual é o destino final, não tem como tomar decisões no presente.

Porque o nosso cérebro não tem como fazer escolhas, como tomar decisões, como saber a que ritmo se move nem para onde se move, até lhe darmos uma indicação precisa do destino onde queremos chegar. E atingirmos um determinado destino, começa por decidir qual é esse destino.

 

Einstein, na sua investigação quântica, chegou a uma equação base: E = MC2; ou seja a energia é igual à massa vezes a velocidade da luz ao quadrado.
O que é a massa? Tudo o que é físico é massa. O que é que isto significa? Tudo o que é, aos nossos sentidos, físico não é mais do que uma energia com uma determinada aceleração.

Ou seja, tudo é energia, tudo tem uma frequência de vibração e nós atraímos para a nossa vida as vibrações da mesma frequência da nossa. Isto é, se eu não sei o que procuro, se não sei o que quero atingir, não consigo vibrar nessa mesma frequência para atrair isso para mim. Isto significa energizar os meus pensamentos, a minha consciência com um pensamento constante sobre os objetivos que eu procuro.

 

É crítico que mantenhamos o nosso pensamento, a nossa consciência, energizados constantemente com aquilo que procuramos.

E isso é o berço da lei da atração. Nós começamos a atrair para nós coisas que nós idealizámos. Por isso, escute bem… É crítico que cada um de nós defina os seus objetivos, como forma de atingir os seus resultados.

No entanto, atenção, uma vez mais, pois um objetivo não é um desejo. Eu não aceito outro resultado que não seja esse. Um objetivo implica uma tomada de decisão: eu corto com qualquer outro objetivo. Eu não aceito fechar por menos do que defini como o melhor para mim.

E se está a pensar, como muita gente me pergunta, porque é que há-de definir objetivos, se depois vai ficar desiludido?

A minha resposta será sempre: é importantíssimo definir objetivos.

Eu não entendo uma vida sem objetivos, porque eu acredito que me torno melhor pessoa, um membro melhor da sociedade, um exemplo melhor para os outros, um melhor pai, melhor marido, melhor profissional, tendo objetivos.

Quando definimos um objetivo, transformamo-nos numa pessoa melhor, melhoramos a nossa maneira de pensar, para melhorar a nossa maneira de fazer, para chegarmos aos resultados que idealizámos. Tudo é influenciado por esses objetivos.

 

Já dizia Jim Rohn:

Torna-te um milionário… não pelo dinheiro, mas pelo que tu vais ter de desenvolver como pessoa, em termos de criares valor à sociedade, pela capacidade de servir as outras pessoas.

 

Subscreva o canal de Paulo de Vilhena no Youtube >> AQUI

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique-me se