CURSOS ONLINE DISPONÍVEIS AQUI
CONHEÇA OS NOSSOS CURSOS ONLINE
Próxima Página Próxima Página

A maior parte das pessoas, quando pensa num grande líder, pensa num visionário, em alguém que tem uma ideia totalmente disruptiva face ao passado e que é capaz, através das suas capacidades de persuasão, de levar todos atrás das suas ideias e assim revolucionar o mundo.

Mas será que tem de ser assim? Será que esta é a melhor forma de liderar uma empresa?

Provavelmente, se me perguntassem isto há 10 anos eu diria que sim. Não só acreditava nisto, como queria muito ser uma pessoa dessas, que tinha ideias fora da caixa e que levava os outros a acreditar nas minhas ideias malucas de forma incondicional.

Mas hoje já não acredito nestas atuações como sendo as melhores do ponto de vista empresarial. Hoje acredito que é na diversidade de opiniões que nós crescemos e aprendemos. É juntando a força de todos os colaboradores que as empresas crescem e evoluem.

Os melhores líderes são aqueles que trabalham em equipa, aqueles que sabem retirar o melhor de todos os que estão à sua volta, mantê-los satisfeitos e unidos num caminho comum. Os melhores líderes sabem coletar as ideias de todos e manter uma cultura empresarial que reúna de forma inequívoca o melhor de cada colaborador.

Um bom líder não se sente especial. Sente-se rodeado de pessoas especiais. Sente-se capaz de reunir os melhores e de os conseguir manter ao mais alto nível.

Não é muito melhor ter vários cérebros especiais e motivados a ter boas ideias para levar uma empresa? Qual a vantagem de reunir todas estas obrigações numa cabeça só?

Como funciona a empresa onde trabalha? Ainda é o patrão que toma as decisões fechado no gabinete? Ou já há debate de ideias e discussão de estratégias?

Mariana Arga e Lima
Business and Executive Coach na Paulo de Vilhena Business Excelerators

Write A Comment