Pare de cavar o buraco da dívida! | Paulo de Vilhena

Quando contraímos dívidas, estamos pagar despesas para as quais ainda não temos dinheiro. Ou seja, estamos a criar uma despesa para a vida. É um buraco no qual nos vamos enterrando cada vez mais. Por isso, pare de cavar!

Este é um dos principais problemas que afeta a classe média e que a impede de alcançar a independência financeira. Porque parte dos rendimentos da classe média serve para pagar uma série de dívidas que foram contraídas para antecipar algum consumo.

Há uma parte do salário que fica imediatamente alocado ao empréstimo à habitação, ao empréstimo automóvel, ao cartão de crédito… Coisas que consumimos antes de poder pagar e que acabam por esvaziar uma parte importante do nosso retorno.

Eu chamo-lhe gastar dinheiro no passado.

Ora, manter ou aumentar os níveis de dívida funciona, do ponto de vista do nosso património individual, como um aspirador de recursos.

E porquê?

Por causa do juro composto… O juro sobre o juro…

O mesmo que ao longo dos anos pode desmultiplicar exponencialmente as nossas poupanças pode igualmente desmultiplicar as nossas dívidas…

Então, quando consolidamos créditos é como se estivéssemos a pagar 4 vezes.

A potência desmultiplicadora aumenta exponencialmente à medida que a nossa dívida aumenta, impedindo-nos de criar o património líquido de que tanto necessitamos para a nossa independência financeira.

Por isso, só há uma desculpa para contrair dívida!

Ajudar a pagar uma casa que vai arrendar e mesmo assim essa dívida não é a totalidade da casa.

Não devemos, DE TODO, comprar o que nos dá prazer com receitas e muito menos com dívida.

Lembre-se de que o que distingue os ricos das pessoas de classe média é, essencialmente, que, enquanto os primeiros compram ativos que geram retorno, os segundos criam dívida que gera despesas.

Então, não coloque o poder da capitalização a trabalhar contra si!

Gostou deste artigo? Se quer receber quinzenalmente conteúdos como este então subscreva a nossa newsletter aqui!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notifique-me se